Huawei pode expandir serviços de blockchain para o Brasil

0


A Huawei, uma das maiores empresas de telecomunicações do mundo, mostrou durante a Cebretan Febraban que está coordenando a expansão na América Latina, que pode ser acompanhada pela disponibilidade de serviços blockchain.

Embora o blockchain não seja como mostrou o CryptoFacil, o principal produto de uma empresa chinesa estudou vários aplicativos no DLT, um dos quais incluiu outras empresas em um projeto em Shenzhen para pagar os ingressos no metrô com reconhecimento facial.

A empresa mostrou que um plano de expansão também pode incluir a contratação de desenvolvedores para trabalhar em determinados produtos da empresa. A Huawei já assinou contrato com o governo e está testando seu 5G no país.

Conforme relatado em CryptoFacil em outubro passado, a Claro / NET se juntou à Huawei e à Rede Globo para demonstrar transmissão de vídeo Ultra-HD 8K em uma rede experimental 5G durante o Futurecom 2018.

Nos EUA, a empresa disse que ainda há muito a ser discutido, mas que nada afetará os produtos que a empresa oferece aos clientes.

"Ainda há algumas dificuldades com o Android, mas elas serão resolvidas em breve".

A Huawei e a "guerra" entre os Estados Unidos e a China levarão ao preço do Bitcoin subir para 20.000 dólares, prevê trader

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.