Cade investiga as práticas anticompetitivas do Google

0


Cade faz perguntas ao Google sobre as práticas adotadas pela empresa, que a Comissão Européia considera anticoncorrenciais no processo de tomada de decisão adotado em julho passado.

O Conselho Administrativo de Proteção Econômica (Cade) lançou uma investigação para investigar supostas práticas anticompetitivas relacionadas ao sistema operacional Android de propriedade do Google. Esse processo ainda está em um estágio inicial e é chamado de “procedimento preparatório”, cuja determinação pode levar a uma investigação mais completa.

Cade faz perguntas ao Google sobre as práticas adotadas pela empresa, que a Comissão Europeia considera anti-competitivas no processo de tomada de decisão, divulgado em julho passado. A comissão multou o Google 4,34 bilhões de euros (18,8 bilhões de dólares). O conselho quer saber se essa prática também está violando a ordem econômica no Brasil e se não prejudica os consumidores daqui.

De acordo com a Comissão Europeia, desde 2011, o Google introduziu restrições aos fabricantes de smartphones usando o sistema operacional Android e operadoras de telecomunicações. "Consolidar sua posição dominante na busca na Internet." A empresa usou o sistema operacional para forçar os usuários a usarem o mecanismo de pesquisa com o mesmo nome (Google Searches).

Mesmo após os anúncios

Entre os métodos analisados ​​pela investigação e considerados anticompetitivos é a obrigação de pré-instalar o aplicativo de busca e navegador da empresa (Google Search e Chrome) e pagar os fabricantes e operadores para garantir essa pré-instalação.

O Android tornou-se o maior sistema operacional do mundo, superior ao Microsoft Windows. Considerando o mercado de dispositivos móveis, atingiu 88% em 2018, de acordo com a consulta estatística da Statista.

Quer ficar a par de tudo o que está acontecendo no mercado financeiro?

<! –

Quer receber uma newsletter com notícias e análises básicas? Apenas deixe seu email abaixo!

->

Receba notícias e análises importantes de segunda a sexta-feira. O consultor de comunicações do Google disse à Agencia Brazil que "o Android tornou possível conectar milhões de brasileiros à Internet, tornando os celulares mais acessíveis e acelerando sua promoção".

Google

Vamos trabalhar com o Cade para demonstrar como o Android permitiu que o mercado brasileiro se tornasse mais competitivo e inovador, e não o contrário. ”

Durante a multa imposta pela Comissão Europeia, o Google publicou uma nota em seu blog afirmando que o Android "fez mais escolhas, não menos". A empresa alegou que o Android concorre com o sistema operacional iOS e é vendido em 1.300 marcas e 24.000 dispositivos com preços diferentes.

“A solução também não leva em conta a ampla gama de recursos que o Android oferece a milhares de fabricantes de telefones celulares. e operadoras móveis que criam e vendem dispositivos Android para milhões de desenvolvedores de aplicativos em todo o mundo que construíram seus negócios no Android, e bilhões de consumidores que agora podem comprar e usar smartphones de próxima geração ”, disse o Google.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.