Conheça 10 passos para saber como investir na Bolsa de Valores

Conheça 10 passos para saber como investir na Bolsa de Valores

Saber como investir na Bolsa de Valores pode ser algo que se mostra complicado, num primeiro momento. É por isso que nós estamos aqui. Queremos que você tenha o entendimento e saiba como investir na Bolsa de Valores de forma simples.

Com isso, elaboramos 10 passos, que são entendimentos necessários para que você saiba como investir na Bolsa de Valores. Neste texto, você entenderá, de forma prática e objetiva, como é realizado o investimento na Bolsa.

Queremos que você tenha sucesso na sua empreitada e é por isso que estamos aqui. Para início de conversa, para investir em ações na Bolsa de Valores, você precisa abrir uma conta em uma corretora e realizar a transferência do dinheiro para ela. Assim, você irá comprar as ações que escolheu. Quando essas ações valorizam, você vende e recebe os lucros.

Esse tipo de investimento possui um risco que ocorre quando você não espera e a ação acaba se desvalorizando. Mas tenha calma, pois existem diversas estratégias para minimizar esse risco.

Embora seja um ensinamento básico de como investir na Bolsa de Valores, algumas decisões você precisará tomar, além de saber o exato momento de agir.

Com esses passos simples que elaboramos, você terá um conhecimento que te ajudará a saber como investir na Bolsa de Valores. Vamos a eles!

Como investir na Bolsa de Valores

1 – O que são ações?

De forma teórica, as ações são pequenas partes das empresas que possuem o capital aberto. A grande maioria das empresas brasileiras possui ações a serem negociadas na B3, que é a antiga Bovespa, a Bolsa de Valores de São Paulo.

O que muda entre elas é o valor, que fica na variação da oferta e da procura pelos seus títulos. E para entender isso, é muito fácil: se você observa uma companhia com muita procura por parte dos investidores, as suas ações irão subir, já que a demanda aumenta. E o contrário funciona da mesma forma.

O investidor que as comprou poderá vendê-las caso tenha algum interessado e se assim quiser. O valor será o do momento e é isso que irá garantir o lucro ou o prejuízo financeiro.

2 – Como investir na Bolsa de Valores?

Se você está iniciando a sua vida de investidor na Bolsa de Valores, saiba que é um investimento diferente dos bancos, onde você precisa ter apenas uma conta bancária. Para ter acesso a esse mundo, você precisará de um intermediário, que pode ser um banco ou uma corretora.

Realizando o cadastro, você passa a poder negociar ações por conta própria, através do Home Broker, que é uma plataforma que permite a compra e a venda de ações online, ou então, pelos fundos de ações oferecidos pelas corretoras.

Para quem está começando, é mais recomendado optar pelos fundos de ações, porque eles são mais fáceis e mais didáticos. Além de ter um gestor que fará o trabalho de escolher as melhores opções.

O mais importante é ter a ciência de que, tanto para o fundo, quanto para o clube, há uma cobrança de taxa de administração, que é paga todo ano, que pode variar entre 0,5% e 3% do valor total do aplicado.

3 – Bolsa de Valores, a melhor opção

Você encontra mais riscos no mercado de ações do que numa renda fixa, e é por isso que ele pode ser mais rentável. E o que faz a Bolsa de Valores ser a melhor opção é justamente isso: conseguir ganhar dinheiro de forma rápida.

Entretanto, os investidores também correm mais riscos de perdas, principalmente se precisarem vender as ações em épocas de baixas. Existe também o risco de liquidez, que é quando não há investidores interessados na compra. Nesse caso, também existem baixas pelos preços e pelas perdas expressivas.

4 – Quanto aplicar na Bolsa de Valores?

A Bolsa de Valores exige uma cautela quanto à porcentagem de investimento. Sugerimos que as aplicações não sejam maiores do que 20% das suas poupanças na Bolsa de Valores. O restante é melhor estar em opções mais seguras, como a renda fixa.

5 – Varie a sua carteira de investimento

Esse ponto é importante porque ele mostra que você deve estudar o mercado nos seus vários setores. Para isso, é importante que você varie os setores na sua carteira de investimentos, e nunca realize aplicações em várias empresas do mesmo ramo.

Você correrá riscos caso haja uma crise em determinada área e, com isso, perder todo o seu dinheiro.

E essa é uma das diversas estratégias traçadas na Bolsa de Valores.

6 – Quais os custos de investir na Bolsa de Valores?

O grande custo é o da corretagem, que você tem que arcar em cada operação realizada. É preciso ficar atento quanto a isso para não ir fazendo diversas operações num primeiro momento.

Nas ações incidem o imposto de renda, onde uma parte fica retida na fonte e a outra é sobre os ganhos líquidos, que são recolhidos mensalmente.

7 – Qualquer um pode investir na Bolsa de Valores?

Sim, desde que a pessoa tenha, pelo menos, um conhecimento mínimo de economia. E para obter esse conhecimento, você pode estudar o mercado, acompanhar os índices, ler as notícias da área e analisar os relatórios das empresas.

8 – É preciso ter muito dinheiro para investir na Bolsa de Valores?

Não. Não existe essa ideia de que só quem tem muito dinheiro pode investir na Bolsa de Valores. Muito pelo contrário. É possível investir com pouco dinheiro e em quantias baixas para comprar uma ação, mesmo que isso não seja muito aconselhável, pois é preciso levar em conta os custos e as taxas que são incidentes.

Uma opção seria investir por meio de fundos de investimentos, o que irá dividir as taxas.

9 – Qual é a melhor hora para investir na Bolsa de Valores?

A melhor hora é sempre agora. O ideal é não entrar na Bolsa de Valores quando ela estiver subindo, pois os seus próximos passos podem ser de queda. Mas ainda que assim sejam, essas perdas serão momentâneas. E é por isso que a Bolsa de Valores é um investimento para o longo prazo.

10 – Como escolher a empresa certa para investir?

Nesse caso, é preciso observar algumas situações, como:

  • Escolher empresas consolidadas;
  • Analisar os preços das ações;
  • Selecionar aquelas que possuem poucas dívidas.

Pronto, esses são os passos simples de como investir na Bolsa de Valores. Esperamos que você tenha entendido e desejamos boa sorte no seu investimento.

 

Similar Posts
Invista no próximo Facebook, invista em startups!
Invista no próximo Facebook, invista em startups!
Pequenos investidores também podem investir em startups, e é muito mais simples do que você imagina. A gente te explica...
Sabe como economizar no seu final de ano? Aqui está
Sabe como economizar no seu final de ano? Aqui está
Chegou aquele tempo que algumas pessoas aguardam ansiosamente: as festas de final de ano. Não há nada mais gostoso do...
Se torne um investidor consistente em tudo
Se torne um investidor consistente em tudo
Investir na bolsa de valores talvez seja uma das atividades nas quais exista a maior discrepância entre a prática e a...

There are no comments yet, add one below.

Leave a Reply


Name (required)

Email (required)

Website