Dicas para viajar sem gastar com hospedagem

Dicas para viajar sem gastar com hospedagem

Tem como viajar pagando pouco, ou nada, pela hospedagem? Tem sim! Você só precisa se planejar e, principalmente, estar aberto a novas possibilidades.

Como poupadores viajantes, sabemos da importância de guardar cada centavinho que temos. Sempre foi assim e sempre vai ser, economizar já é o nosso estilo de vida.  A nossa economia caminha por vários setores e, inclusive já falamos sobre como economizar com o transporte na sua viagem e como comer bem gastando pouco durante uma viagem.

Hoje nós vamos falar sobre hospedagem. Em uma viagem, a parte mais cara (fora a passagem, claro) é a hospedagem. Nos dias de hoje viajar em alta ou baixa temporada já não é mais um fator seletivo para que os preços dos hotéis e hostels, por exemplo, estejam com um valor mais atrativo. Claro que ainda existe essa possibilidade, mas dependendo da região vai ser bem difícil.


Por isso, nesse post, nós vamos te dar 5 dicas para viajar sem gastar com hospedagem. Achou impossível? Nada é impossível para aqueles que planejam e estão abertos às possibilidades que uma viagem oferece.

1 – Couchsurfing

É difícil não falar dessa plataforma. Foi a nossa primeira escolha quando começamos a viajar e temos um carinho enorme por todas as pessoas que nos receberam e pelos lugares em que ficamos hospedados. O Couchsurfing é uma plataforma de troca de hospedagem. Troca porque você pode tanto oferecer hospedagem como também ser hospedado.

A plataforma é muito simples e intuitiva. Como toda a rede de hospedagem, existem regras e elas precisam ser seguidas. Cada host (quem hospeda) precisa ter um cadastro falando um pouco sobre o seu cantinho disponível na casa. O legal é que você pode oferecer qualquer cantinho mesmo.

Se você só tem um espaço na sala e ele é no sofá, tudo bem. Basta ter vontade de compartilhar experiências e ser receptivo. O guest (quem pede estadia) também precisa ter um perfil. Lembrem que quanto mais completo ele for, maiores são as chances de você ser bem sucedido na escolha do lugar. Tem oferta para todos os gostos.

Pessoas que oferecem quartos privados, compartilhados, donos de pets, casas com mais de um banheiro, hospedagem no sofá, em colchão inflável, espaço para montar barraca no pátio da casa… a lista é gigante e se você ficou curioso, acessa a plataforma agora! Antes de falarmos sobre a próxima dica: É DE GRAÇA!

2 – Workaway

Essa é uma plataforma que pode mudar e muito o seu estilo de vida durante a viagem, principalmente se você for viajar por longos períodos. O Workaway é basicamente uma work exchange, ou seja, uma troca entre um viajante e um anfitrião.


Sendo assim, o viajante tem a possibilidade de contribuir com alguma função que o anfitrião está precisando. Assim, o anfitrião pode oferecer a hospedagem e/ou alimentação, (tudo vai depender da demanda que ele estabelecer) para que o viajante efetue o seu trabalho.

Essa prática não é novidade em muitos lugares do mundo. Antigamente (e ainda hoje), muitos estudantes utilizavam este sistema no período de férias. Viajavam para um lugar longe de onde estudam e, durante as férias, aproveitavam para adquirir experiência em uma cidade que queriam muito conhecer.

A plataforma é muito segura e, do mesmo modo que o Couchsurfing, também é necessário criar um cadastro. Quanto mais claros e objetivos forem os pontos destacados no seu cadastro, mais fácil vai ser o seu relacionamento com o anfitrião ou com o viajante.

Existem regras por aqui também, e elas são muito claras para cada uma das partes. Se você ficou interessado em trabalhar em troca de hospedagem e ainda assim partilhar da cultura local e saber como efetivamente aquela comunidade vive, corre lá para o site e vai fazer o seu cadastro.

3 – TrustedHousesitters

Essa plataforma é destinada àqueles que amam animais de estimação. Se você é daqueles que tem um bichinho em casa (ou não tem, mas ama), esse é o seu melhor destino. Já pensou em viajar e poder ficar hospedado na casa de alguém, sendo que em troca você só precisa dar amor e carinho (comida também, não é mesmo!!) para um gatinho ou cachorrinho ou periquito ou papagaio…? A plataforma mais famosa, e poderíamos dizer, uma das maiores é a TrustedHousesitters.

Como em todas as outras já mencionadas acima, você também precisa fazer um cadastro e nesse caso, como no Workaway, você paga uma taxa anual (bem acessível) para manter o seu cadastro ativo. Aqui o cadastro é um pouco mais complexo e você precisa mesmo gostar de bichinhos, caso contrário, nem vale a pena se inscrever. Os anfitriões costumam ser bem exigentes em determinados pontos o que vai garantir a sua segurança e também a segurança deles, claro.  Curtiu essa ideia? Então corre para o site e vai fazer o seu cadastro.

4 – WWOOF

Já para os que curtem a ideia de trabalhar e ficar hospedado em uma fazenda, essa é a plataforma perfeita. O WWOOF registra diferentes fazendas colaborativas ao redor do mundo. É um movimento que une voluntários a agricultores e produtores orgânicos para promover experiências culturais e educacionais baseadas na confiança e no intercâmbio não monetário, ajudando assim a construir uma comunidade sustentável e global.

O site é muito legal e disponibiliza de uma forma bem didática todas as fazendas cadastradas no projeto ao redor do mundo. Do mesmo modo que todas as outras plataformas, você pode receber alguém ou buscar por uma oferta.

O projeto permite que você tenha uma conexão direta com a comunidade local e permite que você compartilhe com outros viajantes as experiências locais, uma vez que a maioria das fazendas recebe mais de um voluntário no mesmo período. Você tem estadia em troca de trabalho e experiência de vida. Se você gostou dessa ideia basta ir até o site e fazer o seu cadastro.

5 – Worldpackers

Na mesma linha de trabalhar em troca de estadia, a Worldpackers te oferece uma lista extensa de atividades e locais onde você pode trabalhar. É uma plataforma colaborativa que te conecta com anfitriões do mundo inteiro. A ideia é você oferecer suas habilidades em troca de hospedagem.

O mais legal disso tudo é que você pode utilizar a Worldpackers nas suas férias, fazer um mochilão ou até tirar um ano sabático. Entre os vários lugares cadastrados, você encontra hostels, pousadas, ONGs, comunidades e projetos ecológicos que você pode ajudar e receber em troca de hospedagem gratuita, alimentação e outros benefícios.

Se você está coçando os pés para sair pelo mundo, chegou a hora. Agora não tem mais desculpa para não viajar.

Similar Posts
Saiba como fazer para investir seu 13º e seu dinheiro render
Saiba como fazer para investir seu 13º e seu dinheiro render
Chega o fim do ano e muita gente já se prepara para receber o tão aguardado 13º salário. Esse dinheiro...
Sabe o que é Análise de investimentos ? Conheça Ferramentas que te auxiliam a ganhar mais!
Sabe o que é Análise de investimentos ? Conheça Ferramentas que te auxiliam a ganhar mais!
Você sabe o que é uma análise de investimentos? Se você é daqueles que desejam ter um determinado investimento, você...
para você que mora fora do Brasil – Veja o que fazer para não ter problema com a Receita
para você que mora fora do Brasil – Veja o que fazer para não ter problema com a Receita
O primeiro artigo sobre Como investir no Brasil morando no exterior, trouxe muita repercussão e recebi diversas dúvidas sobre os...

There are no comments yet, add one below.

Leave a Reply


Name (required)

Email (required)

Website